Quem precisa de um Data Center

Boa quantidade de empresas médias e uma grande quantidade de empresas maiores já possuem algum tipo de Data Center. De qualquer tamanho desde um armário até um andar inteiro. O mercado de Data Centers no Brasil está em expansão apesar de encontrar desafios a serem superados como o de suprimento de energia e de instalações ainda antigas ou inadequadas à sua instalação.

No mercado americano pesquisas indicam que grandes empresas devem ampliar o uso de Data Centers de forma crescente pelos próximos 15 anos. Muitas empresas de pequeno e médio porte que ainda migram muitas informações corporativas para o ambiente da nuvem, optam pelo já conhecido Data Center físico quando o assunto é “segurança da informação”. Atualmente esta solução é indicada para empresas em expansão – com unidades e filiais espalhadas – ou empresas que precisem armazenar informações virtuais no próprio escritório.

Infelizmente a área de Data Center nas pequenas e médias empresas geralmente conta com instalações precárias. As organizações sabem da importância de armazenar com segurança seus dados, então, investem uma fortuna em softwares e hardwares, mas deixam a infraestrutura de lado. É comum encontrar salas pequenas improvisadas, na verdade copas, transformadas em ambiente de Data Center. O que é mais uma dificuldade para os profissionais que atuam nessas condições.

Cantos improvisados, PCs que fazem o papel de servidores e equipamentos de rede desatualizados não vão mais conseguir oferecer o desempenho e confiabilidade que as empresas precisam. É necessário transformar as velhas salinhas de informática em Data Centers – pequenos sim, mas seguros e capazes de abrigar as necessidades de armazenamento de dados.

Para as pequenas e médias empresas a construção de um Data Center é fundamental para garantir toda a operação de TI da empresa. Se a empresa não tiver um Data Center funcionando, os funcionários não acessam e-mails, arquivos, notas de faturamento e outros importantes documentos, que não podem ser armazenados em qualquer lugar. Ou seja, os funcionários não podem trabalhar em rede e, por sua vez, a empresa não fatura.

Isso porque hoje todas as operações são feitas por meios eletrônicos. Sem contar com acesso remoto e com armazenamento em nuvem. Nas indústrias, por exemplo, é cada vez mais comum que os maquinários trabalhem por ordem de serviços computadorizados. Do chão de fábrica ao recebimento, a empresa depende de centros que armazenam dados para permanecer ativa e em constante crescimento.

Um Data Center não precisa ser necessariamente de grande porte. Uma infraestrutura com apenas um rack pode ser um Data Center, desde que atenda aos requisitos de redundância e disponibilidade para seus sistemas fundamentais, que são o elétrico e o mecânico (ar condicionado).

Em uma instalação de pequeno porte, os equipamentos de suporte podem compartilhar espaço com a sala de servidores (racks, ar condicionado, quadros elétricos e PDUs – power distribution units, UPS e baterias). Somente os grupos geradores ficam fora da sala e em alguns casos os bancos de baterias do UPS.

Também não é necessário haver piso elevado no Data Center e o ar frio do sistema de climatização não precisa ser insuflado sob o piso elevado. O insuflamento pode ser realizado por cima (overhead).

Uma prática muito comum nos pequenos Data Centers é o uso de ar condicionado de conforto, em vez do equipamento de precisão, devido à questão econômica (o equipamento de precisão chega a custar quatro vezes mais) e ao desconhecimento técnico. Essa prática pode prejudicar o funcionamento do centro de dados, pois as unidades de conforto não estão preparadas para suportar a carga de calor produzido pelos switches e servidores atuais, que geram dez vezes mais calor por metro quadrado do que há 10 anos. Hoje há várias soluções de refrigeração de precisão para pequenos ambientes.

O mercado oferece uma série de soluções modulares, flexíveis e fáceis de usar, que permitem criar nuvens privadas (nosso próximo tópico) capazes de armazenar um elevado volume de dados com confiabilidade e segurança. Os Data Centers não são exclusivos dos grandes grupos. Há um espaço enorme a ser explorado nas pequenas também.

 

WJ Sales
WJ Sales
Especialista em desenvolvimento de sites, lojas virtuais e sistemas. Faço parte da equipe que compõe a empresa Sales Publicidade. Atuamos em diversas áreas destinada ao Marketing. Faço publicações de artigos em blogs e nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image