Planejando a infraestrutura da sua empresa

No momento de criar um projeto de infraestrutura de TI para a sua empresa, você deve considerar algumas questões essenciais. O ideal é que o projeto tenha capacidade de atender as demandas da empresa por, no mínimo, 10 anos, de acordo com as normas técnicas nacionais e internacionais, como por exemplo a ANSI/TIA/EIA. Além disso, na rede corporativa, os racks devem ser capazes de suportar os servidores da LAN, o total de switches e roteadores que forem necessários e os telefones IP com os ramais. O objetivo é que, como os racks de telecomunicações vão concentrar todos os pontos, será mais fácil fazer qualquer substituição ou instalação de pontos por meio dos patch cords ou dos jumpers.

Outra ação que facilita as manobras que serão necessárias com o tempo é ligar os pontos cabeados a um painel de conexões (patch panel), por meio do rack da rede corporativa. Outros itens que devem estar conectados ao patch panel são os cabos do sistema de telefonia, independentemente de serem provenientes de um PABX ou da rua. Nesse caso, o patch panel é de voz.

No projeto, os pontos da LAN (de dados) devem ser distribuídos a partir do switch, que deve estar instalado no rack. Já o switch deve ser conectado ao servidor, que consequentemente estará ligado à rede corporativa.

Atente também para a instalação de entrada, que deve oferecer acesso aos provedores das operadoras de telecomunicações, fazer a distribuição do backbone, permitir o acesso aos sistemas de automação predial e aos sistemas CFTV. Este acesso e esta distribuição também devem ser duplicados para se conseguir obter a redundância e tolerância a falhas.

Lembre-se que no cabeamento estruturado existem dois meios de transmissão mais comuns: os cabos de pares trançados e os cabos de fibra óptica. O cabo de par trançado transmite sinais digitais de alta frequência e sinais analógicos de baixa frequência. Em alguns cenários, os cabos de fibras ópticas estão ficando mais frequentes no mercado devido à codificação dos sinais e ao cancelamento de eco e ruídos. A fibra óptica também está se tornando mais adequada para sistemas complexos, como os data centers, por ser utilizada por mais tempo e suportar velocidades de redes maiores.

Os meios de transmissão modernos são os cabos de pares trançados Categorias Cat5e, 6 ou 6A. Estes últimos podem ser utilizados para redes com velocidade de até 10 Gbps e largura de banda de 1 GHz. Os cabos ópticos de fibras mais novos, como o OM3 e OM4, possuem capacidade de transmitir 100 Gbps a até 150 metros de distância e são mais resistentes e flexíveis.

Por fim, realize todos os testes e as certificações necessárias, procedimentos que asseguram a segurança do sistema de cabeamento estruturado. Além de aumentar a longevidade do sistema, a certificação pode evitar as manutenções e paradas do sistema de infraestrutura e facilitar as reconfigurações ou a atualização do sistema.

WJ Sales
WJ Sales
Especialista em desenvolvimento de sites, lojas virtuais e sistemas. Faço parte da equipe que compõe a empresa Sales Publicidade. Atuamos em diversas áreas destinada ao Marketing. Faço publicações de artigos em blogs e nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image