Padrões de construção da Infraestrutura de um Data Center

A construção física da sala do Data Center bem como a escolha da posição dos equipamentos deve ser feita em conformidade com a área disponível, respeitando às normas vigentes. A seguir listamos alguns padrões de construção referentes à:

Adequações civis

A sala necessita de uma análise quanto às adequações civis e necessidades específicas do projeto.

Essas necessidades podem ser desde rebaixamento de teto com o objetivo de auxiliar na passagem de cabo e instalação de acessórios, assim como a construção de piso elevado com este mesmo propósito. Em relação à civil ainda pode ser necessário o fechamento de portas, janelas ou construções de divisórias dentro da própria sala com o objetivo de separar os serviços de elétrica, operadoras, telecomunicação e servidores.

Infraestrutura para passagem de cabos

No ambiente deve ser planejado a instalação de infraestrutura de acordo com as especificações do ambiente, onde podem ser aplicadas eletrocalhas, tubulações aparentes ou embutidas.

Geralmente toda infraestrutura acima do piso elevado e abaixo do forro deverá ser embutida nas paredes. Além disso, o piso elevado de Data Centers deve resistir a até 555 Kg de carga concentrada ou 1.563 Kg / m² a carga distribuída.

E por norma, toda infraestrutura metálica instalada deverá ser interligada ao barramento de aterramento da sala.

Porta Corta Fogo

Em um ambiente seguro, o dimensionamento exato de uma solução de porta corta-fogo é essencial para garantir a integridade física diante de um possível sinistro.

Características típicas de porta corta fogo: É composta por eixo vertical, constituída por duas bandejas galvanizadas, com núcleo em manta de fibra-cerâmica que atende as características da norma ABNT NBR 11742, impedindo ou retardando a propagação do fogo e calor de um ambiente para o outro.

Pintura Intumescente

Todas as paredes da sala do Data Center deverão ser revestidas internamente com pintura intumescente à base de água. Esta pintura retarda as chamas através de uma barreira espessa que se forma (entre 30 a 40 mm), quando exposta ao fogo em temperaturas acima de 200ºC, com resistência ao fogo de no mínimo 60 minutos.

Esta pintura, quando exposta à ação do fogo, não libera toxinas e fumaças, e protege sem danos, os equipamentos existentes.

Firestop

Na ocorrência de incêndio, as aberturas destinadas à passagem de cabos elétricos e dadas propagariam fogo e fumaça rapidamente tanto de dentro para fora do ambiente como de fora para dentro.

Firestops são produtos capazes de conter a propagação do fogo e faz com que se ganhe tempo até a extinção do incêndio, evitando a destruição de equipamentos, da propriedade em vários casos e salvando vidas.

Todas as passagens de tubulação e cabeamento da sala deverão ser seladas com sistema de firestop.

Características importantes:

  • Possibilidade de passagem de novos cabos;
  • Resistência ao fogo de no mínimo 90 minutos;
  • Flexíveis e não tóxicos;
  • À prova de água.
WJ Sales
WJ Sales
Especialista em desenvolvimento de sites, lojas virtuais e sistemas. Faço parte da equipe que compõe a empresa Sales Publicidade. Atuamos em diversas áreas destinada ao Marketing. Faço publicações de artigos em blogs e nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image