A grande luta para a Internet ser grátis e aberta a todos

Em 2013, Mark Zuckerberg, cofundador do Facebook, divulgou um documento intitulado “A conectividade é um direito humano?” em que fez “uma proposta de como podemos conectar os próximos cinco bilhões de pessoas”, com a ajuda de um consórcio de empresas de tecnologia batizado de Internet.org.

O plano de Zuckerberg não só incluía a ampliação do acesso às redes de telecomunicações existentes como também abrangia o desenvolvimento de novas tecnologias, como drones movidos a energia solar, que vagariam por áreas remotas, oferecendo acesso a conexões de dados nestas regiões.

Metade da população do mundo vive sem uma conexão confiável à internet, o que limita seu acesso a educação, serviços financeiros, engajamento político, liberdade de expressão e mais. Entre eles está Salim Azim Assani, cofundador do WenakLabs, um centro digital em N’Djamena, capital do Chade.

Em 2008, as autoridades governamentais bloquearam o acesso a redes sociais como Facebook e Twitter, citando como motivo a disseminação do extremismo religioso. Estes serviços permaneceram fora do ar por 16 meses. “Perdemos dinheiro e alguns de nossos clientes por causa do bloqueio à internet”, diz Assani.

Cinquenta anos depois que os primeiros computadores foram ligados à internet e 30 anos desde que a World Wide Web foi construída como uma “rede de redes”, o mundo online gratuito e aberto previsto pelos seus pioneiros está sob ataque.

Nos últimos anos, foram notificados cortes parciais e até apagões totais na Índia, no Sudão, na Eritreia, na Etiópia, na Síria, na República Democrática do Congo e no Iraque.

Fonte: BBC NEWS

WJ Sales
WJ Sales
Especialista em desenvolvimento de sites, lojas virtuais e sistemas. Faço parte da equipe que compõe a empresa Sales Publicidade. Atuamos em diversas áreas destinada ao Marketing. Faço publicações de artigos em blogs e nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image